Sabe qual o segredo do Kickstarter? >> E.M.O.Ç.Ã.O.

9 dez

Crowdsourcing e Crowdfunding são palavras que entraram para o nosso vocabulário há (relativamente) pouco tempo, em inglês mesmo. A primeira, já citada aqui outras vezes, é um modelo que acumula mão de obra coletiva proveniente da internet, utilizando conhecimentos coletivos e voluntários espalhados pela rede, para “resolver problemas, criar conteúdo e soluções ou desenvolver novas tecnologias”.

Já o crowdfunding ou, “financiamento coletivo”, arrecada capital para iniciativas de interesse coletivo. Pode ser uma arrecadação para financiar um artista, pequenos negócios, start-ups, iniciativas de software livre, filantropia, etc. Esse é o modelo utilizado pelo coletivo Queremos (do Rio de Janeiro), por exemplo, que organiza shows internacionais na cidade com a ajuda de contribuições dos fãs.

>> O Kickstarter foi um dos sites pioneiros na área, criado em 2009. Através dele, projetos que envolvem de produção de filmes à tecnologia de energia solar saíram do papel, com a ajuda de milhares de pessoas espalhadas pelo mundo. Dois anos depois, ele é responsável por inúmeras iniciativas de sucesso e não pára de crescer.

O site Brand-e, em post publicado nesta semana, diz que a chave do sucesso do Kickstarter é simples: histórias de vida.

“Não é uma estratégia de marketing. É uma iniciativa que envolve histórias de pessoas, de indivíduos que tiveram uma idéia e de como eles estão tentando fazer disso uma realidade, sobre a dificuldade deles em chegar lá e quais são seus objetivos. Não queremos pessoas vendendo um produto no Kickstarter. Isso não é o que interessa em um produto. O que interessa é como você chegou até ele e como vai realizar aquela idéia. Então, se você vê o site como um canal de vendas, você está no lugar errado”

— diz o fundador do site Yancey Strickler.

>> ENVOLVIMENTO:

Como gostamos de enfatizar, o sucesso de uma campanha depende essencialmente do envolvimento emocional que o público alvo tem com ela. Um site que depende somente desse tipo de identificação não tem como dar errado!

Segundo o Brand-e, o Kickstarter é “o marketing emocional em sua melhor forma, oferecendo algo que as pessoas amam através de uma história que transmite o entusiasmo do criador”. Esse entusiasmo e essa identificação fazem com que outros se unam por aquele objetivo, fazendo o possível para que ele aconteça.

>> LIÇÃO:

A solução, aplicada ao marketing, é uma só: autenticidade. Usando as palavras do Strickler: “O poder de um indivíduo compartilhando uma história sobre algo com que ele se importe é estimulante. Como um financiador ou um espectador, eu me sinto especial por ver aquele projeto tomar vida e saber que tenho uma participação naquilo”.

>> PARA LER/SABER MAIS:

>> POSTS RELACIONADOS:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: