Tag Archives: Intel

Restrospectiva 2012: confira as melhores campanhas de marketing musical do ano

21 dez

O ano está chegando ao fim e chegou o momento da nossa tradicional retrospectiva listar o que de melhor aconteceu na associação entre marcas e música – e que ganharam destaque aqui no blog ao longo do ano

>> AmEx realiza shows de grandes bandas filmados por diretores renomados

O American Express Unstaged é uma série de shows promovidos pela AmEx e transmitidos online e em tempo real simultaneamente para todo o mundo. Não fosse bom o suficiente, os shows ainda são dirigidos por renomados diretores.

Pelo projeto passaram parcerias entre nomes como Killers e Werner Herzog, Arcade Fire e Terry Gilliam, Duran Duran e David Lynch, John Legend e Spike Lee, Coldplay e Anton Corbijn, Jack White e Gary Oldman, entre outros.

>> A olimpíada mais musical de todos os tempos

Imagem2

A Universal foi agressiva e eficiente, e marcou presença nos jogos olímpicos de Londres.

Além dos shows que aconteceram durante a cerimônia de abertura, rolaram diversas apresentações ao vivo pela cidade antes, durante, e depois dos jogos.

Fora as performances ao vivo, playlists com milhares de músicas foram elaboradas especificamente para cada momento e tipo de esporte, e álbuns e faixas oficiais foram lançados – e viraram sucesso no iTunes!

>> Coca-Cola faz parceria com Spotify

Serviços de streaming de música vêm sendo considerados (até o momento) uma das melhores alternativas para a guerra entre o download de música digital e as gravadoras. O número de assinantes cresce, assim como número de serviços oferecidos e a quantidade de marcas querendo se associar de alguma forma.

spotify-coca-cola-partnership-facebook-applications-0

De olho nisso, a Coca-Cola fez uma parceria com o mais famoso serviço de música online, o Spotify (que infelizmente ainda não existe no Brasil) e passou a oferecer diversos aplicativos com o objetivo de ampliar a experiência do fã de música dentro da plataforma.

>> O indie é o novo pop

O festival SXSW, antes pequeno e independente, vem sendo cada vez mais alvo de marcas que querem se associar à ele por todo o buzz e tendências que ele gera.

sxsw_2012_logo

Voltado para o cinema, tecnologia e principalmente música, o festival recebe desde bandas (ainda) desconhecidas até disputados shows de grandes nomes em pequenas lajes e pubs.

A cada ano o número de bandas, público e palestrantes aumentam – assim como a presença das marcas, o que fez com que o festival batesse recorde de patrocínios esse ano, mas sem perder o clima alternativo.

Confira aqui as campanhas mais bem sucedidas feitas pelas marcas durante o festival desse ano.

>> Visando o público jovem, Lacoste aposta na música

Buscando atingir uma nova faixa etária, a tradicional marca lançou a linha Lacoste Live, que traz roupas mais jovens e descoladas e utiliza a música para criar conexão com esse público.

Penguinprison

Realizando diversos shows pelos EUA, não por acaso a campanha é focada em Nova York, especialmente no Brooklin, e mais especificamente em Williamsburg, na tentativa de se associar às novas tendências que geram impacto na moda e na música. A marca fez, inclusive, uma pool party no cobiçado Coachella.

>> Absolut e Gorillaz

São inúmeras as edições limitadas de garrafas já lançadas pela Absolut ao longo dos anos. A marca sabe o apelo que tem e aposta na exclusividade das artes para satisfazer os colecionadores de suas garrafas.

422473_10150736103683368_2050459003_n

Em março a marca se associou à música – ainda que indiretamente – com o lançamento de garrafas em homenagem a Londres com desenhos feitos pelo artista Jamie Hewlett, o co-criador do Gorillaz.

>> A Converse

Claramente a Converse não poderia faltar na nossa retrospectiva de final de (qualquer) ano. A marca é a mais comentada aqui no blog e fica até difícil escolher um dos projetos da marca, pelo trabalho contínuo e coerente que ela faz dentro da música.

Das ações desse ano, vale destacar a ida do estúdio Rubber Tracks ao festival Pop Montreal. O estúdio, localizado em Nova York, assumiu formato itinerante e invadiu o festival canadense, permitindo que bandas independentes que estavam por lá gravassem seu material original de graça e ficassem com os direitos autorais das canções (assim como ocorre na sede em NY).

Outros projetos da Converse que já viraram assunto por aqui:

>> A Intel

Outra marca que tem atuação consistente dentro a música – e das artes de um modo geral – é a Intel.  Uma conexão que a princípio poderia soar forçada, é muito bem trabalhada pela marca que já fez projetos em parcerias com Pitchfork, Pandora e Spotify, entre outros.

Recentemente a marca se associou à MTV para realizar shows em lugares secretos nos EUA. Sabendo apenas o lineup e a cidade, os fãs precisavam conseguir um determinado número de compartilhamento de seus tweets para que o local do show fosse revelado.

>> A conclusão de 2012

O que entendemos com essa retrospectiva é que em pleno 2012, ainda são poucas as marcas que se relacionam de forma mais presente na conversa em torno da música, com a grande maioria das marcas ainda se limitando a ações pontuais, de impacto e de baixo relacionamento com as cenas.

No Brasil, que ainda carece de um mercado de música bem estruturado, auto-sustentável, com preços justos, é uma pena que as marcas ainda não entendam o real potencial de comunicação de eventos e ativações relacionadas à música. Por consequência, deixam de investir nesse mercado que busca se firmar, e que a cada ano se faz mais presente e influente nas escolhas de consumo e valores junto aos mais variados grupos de publico.

2013 acena para uma lenta, mas gradativa percepção de novas mídias e novos formatos de comunicação. A musica está aí, desde sempre e pra sempre, cada vez mais importante e mais presente na formação da sociedade como um todo, e se tornando a mais influente mídia dos novos tempos. (tá bom, no Brasil é a segunda ainda, depois da Globo!!)

… e já que o mundo parece que não vai acabar hoje, que venha 2013!

The Creators Project volta a São Paulo de 29 a 31 de julho!

14 jul

O Creators Project 2011 irá acontecer no Pavilhão da Bienal e serão shows, obras interativas, filmes, palestras e painéis ao longo de três dias.

Imagem: Andres Otero

O projeto é uma parceria da VICE com a INTEL e percorre o mundo espalhando arte e celebrando inovações e inovadores. Em 2011, o The Creators Project começou no festival Coachella: obras de arte selecionadas do festival, assim como trabalhos adicionais, viajarão para cidades da Europa, Ásia, Brasil e Estados Unidos.

>> Para o Brasil, o Creators Project trará, a partir do dia 29 de julho, shows das bandas Atlas Sound e Chairlift, DJ set do Database, e a festa de lançamento do novo álbum do Emicida.

>> Na parte das exposições, o aguardadíssimo (pelo menos por nós!) projeto de David BowieMick Rock e Barney Clay: a instalação Life on Mars Revisited, lançada em Paris neste semestre. Nela, o diretor Barney Clay e o fotógrafo de rock Mick Rock desvendam os bastidores do vídeo “Life On Mars” de Bowie, com cenas inéditas e gravações cruas:

“Passando todos os originais e negativos em filme antiquado e empoeirado para The Mill, uma das casas de produção mais premiadas do mundo, eles começaram a dar forma à sua nova visão para a faixa, adicionando efeitos visuais e um toque experimental.”

>> Haverá exibição do lindo filme Scenes from the Suburbs, de Spike Jonze e Arcade Fire, talvez com participação do diretor (ainda não confimrado). A estrutura de cubos maciços, que foi atração do palco principal do festival Coachella,  também estará na Bienal.

>> PROGRAMAÇÃO:

29 de julho de 2011

30 de julho de 2011

  • Scenes From The Suburbs — por Spike Jonze e Arcade Fire

31 de julho de 2011

>> INSTALAÇÕES:

>> POST RELACIONADO:

>> MAIS INFO:

NOISEY é o teu ‘backstage pass’ para shows no mundo todo!

6 abr

A nova plataforma de busca de música é uma “experiência musical”. NOISEY.com é uma parceria entre a VICE, DELL e Intel e promete ser um canal digital de entretenimento. O site tem os shows das bandas mais legais do momento . E o backstage pass é teu, aproveite.

O acesso é ilimitado: você pode ver os shows do melhor lugar da plateia, ver entrevistas com as tuas bandas preferidas e “passear” pra lá e pra cá pelos bastidores dos festivais. Os vídeos da NOISEY.com são originais e também incluem um passeio cultural das bandas pela cidade onde o show acontece, e encontros com fãs. Nos vídeos, as bandas também compartilham suas experiências nas turnês. E ATENÇÃO: os vídeos já estão com legendas em português!!

A plataforma estreou em março, durante o festival SxSW, mas a ideia é lançar material novo diariamente. NOISEY estreou com um material incrível:

Quarenta episódios, cada um com cinco segmentos, incluindo um documentário de curta-metragem apresentando as bandas e os tipos musicais regionais aos espectadores, seguido de quatro segmentos de apresentações ininterruptas.”

Nos episódios de lançamento foram exibidos The Vaccines (UK), Das Racist (EUA), Pictureplane (EUA), Austin TV (MÉX), Duddi Wallace (ESP), Hotel Mexico (JAP), Frittenbude (ALE), The Shoes (FRA), Bewitched Hands (FRA), 24 Hours (CAN), Criolo (BRA), My Disco (AUS) e No Joy (CAL), entre outros.

A parte mais interessante desse projeto é poder ter uma visão exclusiva da rotina das bandas emergentes. Algumas bandas apresentam seus amigos de infância, mostram os inferninhos onde já tiveram que tocar, apresentam galerias locais e espaços underground etc. O Crioulo, rapper paulistano, apresenta a cidade e faz sua exibição de samba com hip-hop.

“O pessoal do Noisey é tão gente boa que entendeu a nossa essência e conseguiu fazer uma apresentação profunda e honesta do que representa a vida no dia a dia da nossa banda, sem jamais ser invasivo”. Justin Young, da The Vaccines

E o NOISEY agradou aos fãs e muito mais às bandas. Olha o depoimento de Nabil Ayers, chefão do selo independente inglês 4AD:

“O Noisey exibe bandas de uma maneira diferente dos outros sites. Trata-se de uma oportunidade para que os artistas cheguem não só à sua atual base de fãs, mas também para serem “adotados” pelos amantes da música em todo o mundo. Este site transcende continentes e derruba barreiras para destacar algumas das melhores bandas jovens de hoje.”

Segundo Eddy Moretti, Diretor Criativo Executivo da VICE, o NOISEY é “um documentário em constante evolução, feito com amor, sobre a música global. É isso que ele é.” Ótima definição.

>> Por enquanto, dos brasileiros, você pode acompanhar o dia-a-dia e os shows do Crioulo e da Barbara Eugênia. Clique na legenda para asssitir:

CRIOULO

BARBARA EUGENIA

>> INFO:

O Noisey exibe bandas de mais de 10 países, incluindo EUA, Reino Unido, Brasil, México, França, Alemanha, Espanha, China, Japão, Canadá e Austrália. Está disponível em oito idiomas e oferece uma experiência de navegação como a de um aplicativo, montado sobre uma interface HTML5. Depois da página inicial do Noisey, os usuários também encontram artistas por meio de um feed de comentários que abrange todo o site, permitindo que a atividade dos usuários influencie no processo de busca.

>> [ NOISEY ]

Os quatro Es do Marketing: Emoção, Experiências, Envolvimento e Exclusividade.

20 out

A Heartbeats International, agência sueca de Music Branding, já foi citada aqui no blog várias vezes. Eles estão fazendo uma série de posts sobre novas estratégias de marketing e como as marcas devem se posicionar diante dessa “nova ordem”.

Segundo a H.I., para que uma marca consiga competir com êxito no mercado, ela deve ter em mente “os quatro Es” em suas estratégias de marketing, sendo eles: Emoção, Experiências, Envolvimento e Exclusividade.

Muitos dos nossos posts são exemplos dessa estratégia. São campanhas que conseguem atingir o consumidor emocionalmente, fazendo com que ele se envolva espontaneamente com a marca.

A INTEL é um ótimo exemplo dessa nova estratégia de marketing, que não precisa estar necessariamente ligada só à música. Ela está entre as dez marcas mais conhecidas do mundo, no mesmo patamar da Coca-Cola, Disney e McDonald’s. “Mas o que faz da Intel, uma empresa que vende processadores e chips, uma marca tão bem sucedida?”, pergunta a Heartbeats.

“A musiquinha de cinco notas é marcante, mas a Intel também é conhecida pelas excelentes campanhas. Recentemente, ela conseguiu combinar criatividade com novos talentos e técnica, proporcionando ao seu público experiências únicas, conectando-se emocionalmente com jovens do mundo todo!”

>> “No começo do ano, a Intel lançou o CREATORS PROJECT, em parceria com a VICE. Trata-se de um projeto a longo prazo, reunindo vários países e vários tipos de arte, revelando talentos e facilitando a produção e propagação dos trabalhos desses artistas e seus colaboradores.”

>> O público da Intel pode assistir a 45 vídeos enviados de todos os cantos do globo. Há também a possibilidade de ver muita coisa ao vivo, através das exibições e performances que acontecem em vários centros urbanos do mundo (São Paulo no meio, claro). Quem comparece, participa de uma extravagância cultural com artistas de música, cinema, design e arquitetura.”

>> “Com o Creators Project, a Intel conseguiu se posicionar também entre os jovens, que não eram seu público alvo. No entanto, é esse grupo que interessa: uma geração de moleques espertos e de jovens artistas que usam a tecnologia como ferramenta criativa.”

*Mark Ronson tocando em SP, no evento Creators Project – foto do site oficial

>> O Creators Project no Brasil foi no dia 14 de agosto, em um evento que começou ao meio-dia e terminou só de madrugada. A festa contou com as apresentações de Mark Ronson, Gang Gang Dance, Zegon (do N.A.S.A.) e Emicida.

>> PARA SABER MAIS:

%d blogueiros gostam disto: