Tag Archives: Pepsi

PEPSI e PANDORA juntas na 54a edição do GRAMMY!

20 dez

Infelizmente, a Pandora continua sendo apenas um sonho para os brasileiros. A “rádio personalizável” online ainda não está disponível no país, mas a parceria inédita vale ser citada mesmo assim. Em parceria com a Pepsi, a Pandora anunciou uma campanha especial para o GRAMMY Awards 2012, que acontece no dia 12 fevereiro.

Na campanha, que ajuda a promover a festa e a divulgar os indicados, quem sai ganhando é o fã! A Pepsi dará acesso ao conteúdo dos artistas indicados, através de mixtapes, vídeos, entrevistas exclusivas e estações de rádio do Grammy. A partir de janeiro, câmeras vão acompanhar os principais indicados e os fãs poderão saber como um ídolo se sente nas semanas que antecedem a grande noite.

As mixtapes serão hospedadas na PANDORA, obviamente, com várias categorias especialmente dedicadas à premiação. Serão doze estações de rádio no total, todas voltadas aos artistas do Grammy. O fã ganha conteúdo exclusivo e o usuário do Pandora tem a chance de conhecer novos artistas!

É a primeira vez que a Pandora trabalha diretamente com uma marca e também a primeira vez que a Recording Academy, organizadora do Grammy, disponibliza conteúdo exclusivo.

[*via PopSop]

“É mais fácil viver sem esportes e cinema que viver sem música”

26 jul

Pesquisa realizada na Suécia analisa o impacto da música na vida das pessoas. Dos 1000 entrevistados, TODOS disseram que ouvem música TODOS os dias, no mínimo meia hora por dia. Mais: de cada dez entrevistados, OITO conheceram artistas ou bandas através de alguma marca.

* Você ouve música todos os dias? Quantas horas por dia? Quanto tempo você gasta por semana procurando por música nova? Passou a gostar de alguma banda por causa de uma marca? Essas foram algumas das perguntas feitas a mil pessoas, entre 16 e 64 anos e do mundo todo, pela agência Heartbeats. Compilamos alguns dos resultados abaixo — o relatório completo, chamado “Uncovering Musical Myth”, pode se encontrado aqui.

* Dos entrevistados, todos responderam que seria praticamente impossível viver sem música. Todos ouvem música pelo menos uma vez ao dia e 32% passam de 4 a 8 horas por dia com o som ligado! De cada dez pessoas que responderam ao questionário, nove procuram por novos artistas online todo mês e 92,4% dos entrevistados acham positiva a colaboração entre artistas e marcas:


*imagem tirada do blog da Heartbeats

* Acima, um resumão da pesquisa. Traduzindo:

  • É mais difícil viver sem música que viver sem jornais, esportes e filmes.

  • Tocar a música ‘certa’ em seu estabelecimento faz com que os clientes fiquem por mais tempo

  • A música tocada em seu estabelecimento influencia a opinião dos clientes sobre a sua marca

  • Música no ambiente de trabalho proporciona bem-estar aos funcionários

  • Os entrevistados acham importante que artistas, compositores e músicos recebam pelas músicas de sua autoria tocadas em lugares públicos

* Mais sobre os resultados: analisando o gráfico abaixo, percebemos que 32% ouvem música de 4 a 8 horas por dia; 7,5% por mais de oito horas e quase a mesma porcentagem para aqueles que ouvem música durante todo o tempo em que estão acordados!


*imagem tirada do blog da Heartbeats

* Music Branding: 81,1% dos entrevistados dissseram que conheceram uma banda ou artista através de alguma marca (através de um comercial, marketing musical ou de algum site patrocinado por uma marca — Electronic Beats, Converse e Noisey, foram as campanhas citadas, todas já mencionadas aqui no blog da Palco07).

* Sobre artistas colaborarem com marcas, 83% dos entrevistados disseram que “é válido, contanto que o artista em questão tenha a ver com a marca”. Ninguém concordou com a frase que dizia que eles “não ouviriam artistas que estivessem ligados a marcas”, mas 7,5% preferem bandas sem envolvimento com empresas.

* A pergunta mais interessante foi a que pedia aos entrevistados que citassem a marca (multinacional) que mais soube trabalhar com música e com os artistas no último ano, seja patrocinando ou promovendo campanhas. Red Bull Music Academy foi a mais lembrada. Coca-Cola ficou em segundo lugar (!!!) e a Converse, em terceiro. Apple, Pepsi, Adidas, Levi’s e T-Mobile vieram logo atrás.

>> MAIS INFO:

Marketing Musical & a “Estratégia da Sondagem”: os novos talentos de hoje podem ser os pop stars de amanhã

19 set

Marcas estabelecidas, como DIESEL, PEPSI e CONVERSE já perceberam que nem só de super-bandas vivem os fãs/consumidores.

DIESEL:U:MUSIC

>> A agência sueca de music-branding HeartBeats International publicou um artigo sobre os rumos do Marketing Musical. Grandes marcas, que antes preferiam apostar na segurança de artistas consagrados, como Madonna e Michael Jackson, perceberam que as boas ideias saem mesmo das pequenas bandas.

Deram a isso o nome de “Estratégia de Sondagem”, partindo do princípio de que para se conquistar uma legião de novos consumidores no futuro, precisa-se pesquisar e estudar quais são os seus hábitos hoje. Levando isso para o marketing musical, é ter a percepção de que pequenos e novos artistas hoje poderão ser os superstars de amanhã! E, sendo assim, criando-se um vínculo com esse (ainda) pequeno círculo de fãs hoje, pode significar um enorme grupo de consumidores fiéis e dedicados no futuro. Abaixo, trechos do artigo da Heartbeats International:

>> “Muita coisa mudou na indústria da música nos últimos 15 anos. O mercado está cada vez mais diversificado com inúmeras plataformas para o consumo de música. Nos anos 80 e 90, as marcas queriam somente as grandes bandas em suas campanhas, porque somente essas bandas chamariam a atenção desejada dos consumidores e, consequentemente, aumentariam as vendas. Pelo menos era o que eles pensavam.

>> Atualmente, no entanto, as marcas começaram a adotar uma nova tática, que a HeartBeats apelidou de “Estratégia de Sondagem”. Saem as quantidades absurdas de dinheiro gastas com artistas como Prince, Madonna e Michael Jackson, e entram novos e promissores talentos.

DIESEL:U:MUSIC

>> Uma das marcas pioneiras nessa estratégia foi a DIESEL, que lançou o Diesel:U:Music (D:U:M) há DEZ anos! Diesel Music é um evento anual que premia bandas e cantores sem gravadoras que mais se destacaram naquele período, além de ser também um site que hospeda, apóia e divulga novos artistas, selos, estações de rádio, jornalistas de música e produtores musicais do mundo todo.

>> Recentemente, o D:U:M se uniu a um site de shows independentes, o Sonicbids, para lançar a campanha Diesel’s Stupid for Music World Cup (complementando a campanha Be Stupid). Assim como numa Copa do Mundo, haverá uma batalha de bandas independentes disputando não só prêmios da DIESEL, mas também uma assessoria gratuita, um veículo personalizado para as turnês, produção de um vídeo e uma sessão de gravação em estúdio!

Refrigerante MTN Dew e o selo Green Label Sound

>> Outra marca que adotou essa estratégia é a Mountain Dew da PEPSI, juntamente com o selo Green Label Sound. A marca promove e banca novos artistas e oferece download gratuito de suas músicas, dando ao público muito mais que apenas um refrigerante. Vídeo do Neon Indian saído da parceria G.L.S. + Mountain Dew:

*Citamos essa estratégia da Green Label aqui no blog da Palco07, no post sobre o Chromeo.

>> A Converse também entrou na onda com o concurso “Get Out of the Garage” (Saia da Garagem), que explora o universo das bandas ainda escondidas no garagem de casa. Abaixo, vídeos com o compositor mexicano Ulises e com o escultor e músico inglês Felix.

>> “A novas tecnologias abriram as portas para esse tipo de estratégia de marketing. No entanto, não basta estar presente onde o público está ou ter somente uma plataforma de estaque. O marketing musical precisa ter um objetivo mais audacioso. Muitas marcas já entenderam isso e estão construindo bases sólidas de futuros fãs-consumidores. Ainda há um longo caminho a ser percorrido e até agora, a “estratégia de sondagem” tem provado ser a tática mais eficiente.”

>> TEXTO via:

>> POSTS RELACIONADOS:

>> MAIS INFO:

%d blogueiros gostam disto: